Cangurus, praias, paisagens lindas…e gastronomia! A cidade mais fervilhante da Austrália tem restaurantes imperdíveis de diferentes cozinhas. Quer saber quais os melhores de Sydney? Confira.

Cafe Sydney (australiano moderno)

Cafe Sydney é o restaurante com a melhor vista aérea de Sydney, já que está no topo do Customs House em Circular Quay. Peça uma mesa na varanda de frente para a Harbour Bridge. O Tandoori Roasted King Salmon (AUD$39), salmão ao estilo indiano é o prato assinatura da casa e vem com iogurte de menta, purê apimentado de abóbora e milho carbonizado.

Foto: Divulgação

Apesar de ter “cafe” no nome, Cafe Sydney é um dos mais sofisticados restaurantes, o preço acompanha a experiência, é mais “salgado”, mas é uma das paradas obrigatórias de Sydney.

Icebergs (frutos do mar)

Uma vez em Bondi Beach, conseguir uma mesa no Icebergers Dining Room é desafio mandatório para o almoço. Com cardápio baseado na culinária mediterrânea, tem ostras frescas locais (AUD$6 cada), ideais para acompanhar um bom vinho branco local e aproveitar o movimento das ondas (e os surfistas tentando se equilibrar nelas)…

Icebergs Bondi Sydney que além de restaurante, tem um clube com piscina (Foto: Divulgação)

Indu (indiano)

Indu é um restaurante que foi criado com a intenção de oferecer uma experiência única da culinária indiana, mantendo a hospitalidade calorosa das vilas do país. Não espere encontrar um prato tradicional, mas sim um cardápio com aromas da costa da Índia com um toque moderno. Experimente o “The great lamb raan”, um cordeiro cozido por 48 horas em baixa temperatura, servido com iogurte temperado. O restaurante é uma explosão dos sentidos, inclusive sua decoração intimista, escura e de extremo bom gosto, e localização, no subsolo de uma casa no centro de Sydney.

Foto: Divulgação

De fundo, uma trilha moderna, que vai de The Beatles a Rolling Stones. Indu é um restaurante difícil de descrever, tem que ser experienciado para ser apreciado. Dica V&G: no almoço de segunda a quarta a casa oferece um menu a preço ótimo, AUD$ 50.

Momofuku (japonês)

A fama do restaurante já começa pela dificuldade de conseguir uma mesa, missão quase impossível, já que as reservas são somente online e nunca tem disponibilidade. No menu, espere pratos diferentes de uma culinária japonesa contemporânea. A unidade de Nova York  está entre os 100 melhores do mundo. O menu degustação custa AUD$ 185.

Mr. Wongs (chinês)

Melhor chinês da cidade, não deixe de ir no Mr.Wongs e pedir o pecking duck, o nosso pato laqueado, (AUD$39 meio, AUD$74 inteiro), que vem de uma cozinha aberta de onde é possível ver os patos pendurados.

Pato laqueado do Mr.Wongs (Foto: Daniela Filomeno)

A decoração é uma mistura de moderno com colonial, completamente diferente dos restaurantes tradicionais espalhados por Sydney. O restaurante está sempre cheio, vale reservar antes. O atendimento é atencioso e paciente, vai precisar, afinal são mais de 60 pratos disponíveis. É um bom restaurante tanto para famílias como para um jantar romântico. Ah, e é queridinho das celebridades.

Quay (australiano)

Considerado o melhor restaurante de Sydney, o Quay (pronuncia como “key”) é superbadalado. A começar pela vista impressionante da Opera House. Comandado pelo chef Peter Gilmore, um dos maiores expoentes da alta gastronomia australiana, está localizado no bairro de The Rocks. A comida? Bom, só pela vista perdoará não ser “extraordinária”, como os australianos definem, e aproveitará uma boa refeição.

Foto: Daniela Filomeno

Rockpool (australiano moderno)

O Rockpool tem o mais famoso chef da Austrália, Neil Perry, que também tem outras casas como o Spice Temple. Localizado em um antigo banco, tem decoração elegante e sofisticada. O restaurante é famoso pela perfeição da carne orgânica, sem hormônios, mas os frutos do mar valem a pedida. Rockpool é uma experiência que precisa ser degustada com calma, o atendimento é um pouco devagar e os garçons explicam todos os pratos com muitos detalhes. A seleção de vinhos é bem extensa, mas o sommelier ajuda com indicações recomendadas para cada prato. É um restaurante perfeito para celebrar uma ocasião especial.

Foto: Divulgação

Sepia (japonês)

A culinária asiática e japonesa é predominante em Sydney. O Sepia ganhou como o melhor restaurante do ano de 2015 e é conhecido pela sua gastronomia-arte. O chef Martin Benn trabalhou no legendário restaurante japonês australiano Testuya’s (abaixo). Ficou na 84ª posição dos melhores do mundo.

Tetsuya’s (japonês)

Um dos melhores restaurantes de Sydney, o Tetsuya’s recria pratos japoneses com técnica francesa e ingredientes mais frescos possíveis. Sua criatividade e precisão, colocou o chef Tetsuya Wakuda entre os mais acalmados da Austrália. Em um menu degustação de 10 pratos (AUD$ 230), é possível degustar peixes como a truta da Tasmânia, seu prato assinatura, ou o Tooth Fish, pescado em águas profundas da Antártica, apenas um mês por ano.

Tetsuya’s Restaurant (Foto: Daniela Filomeno)

Para finalizar, o Tetsuya’s Chocolat Cake tem uma textura macia e derrete na boa, ainda sente o crocante do pralinê (castanha caramelizadas). É incrível, o menu degustação (se não fosse tão bom), já valeria pela sobremesa! Para os foodies de plantão, vale o investimento. Agora, são meses de antecedência para conseguir uma reserva. E vale muito! 

Posts relacionados