Somos Carla e Marília, duas amigas brasileiras que moram em Londres há mais de seis anos. Juntas, criamos o @mydarlinglondres, uma série de guias online que dá dicas não turísticas da cidade, complementado por um perfil no Instagram. Os nossos guias podem ser adquiridos através do ETSY (clique AQUI).

A partir de maio, estaremos mensalmente no Viagem & Gastronomia, dando dicas do que fazer em Londres e contando um pouco sobre nossos programas favoritos na cidade. Para esta primeira postagem, decidimos falar um pouco sobre um bairro super cool e ainda pouco explorado pelos turistas em Londres: Bermondsey. Com uma localização privilegiada e bastante central, a área conta com inúmeras atrações, principalmente às sextas-feiras e finais de semana.

B Deli Londres

Como chegar? A melhor maneira de se chegar em Bermondsey é de metrô, sendo as estações London Bridge e Bermondsey (ambas na Jubilee Line) as mais próximas.

Antiques Market

O que fazer? Vamos começar falando sobre um dos pontos altos do local: uma feira de antiguidades que acontece toda sexta-feira de manhã: a Bermondsey Antiques Market. É uma feira relativamente pequena, com bastante prataria e porcelana e preços muito bons (vale a pena pechinchar!). Ao contrário da feira de Notting Hill, esta ainda é relativamente desconhecida e mais frequentada por locais! Ela acontece numa pracinha, chamada Bermondsey Square, e o ideal é chegar lá bem cedo, pois as barraquinhas começam a fechar um pouco antes do almoço, por volta das 11:30. A pracinha é cercada por delis e cafés supercharmosos, então há várias opções de café da manhã por ali. Indicamos o sueco HEJ ou o The Watch House.

Na Bermondsey Street também fica o Fashion and Textile Museum, prato cheio para quem gosta de moda! Vale a pena dar uma olhada no website deles para verificar a programação e as próximas exibições em cartaz. Sempre tem algo bacana sendo exposto neste museu e os ingressos geralmente custam em torno de £10. Eles também oferecem cursos e workshops na área de Moda.

Ainda no tema Museu/Galeria, praticamente em frente ao Fashion and Textile Museum, está uma das sedes da superfamosa The White Cube. Outro lugar que vale a pena conhecer e que tem entrada gratuita. Atualmente, eles estão exibindo trabalhos da artista plástica brasileira Beatriz Milhazes.

Onde Comer? Além dos cafés que já mencionamos, é possível encontrar vários restaurantes bacanas na Bermondsey Street. Aqui vão os nossos favoritos:

The Garrison – pub com comida muito boa e ambiente charmoso e descontraído. Uma ótima pedida para quem quiser provar Fish&Chips em um restaurante legal. O lugar é super requisitado aos finais de semana, então indicamos fazer reserva;

Jose – um dos melhores bares/restaurantes de tapas da cidade. Vale a pena se espremer entre os frequentadores (o restaurante não tem mesas, então todo mundo fica em pé mesmo rs) para provar as croquetas de jamon maravilhosas e tomar uma taça de vinho no final da tarde;

Casse-Croute – este bistrô super pequenininho, com ambiente cozy e comida deliciosa, foi aberto há cerca de 3 anos. Outro local que super indicamos na região, principalmente para os amantes da culinária francesa.

Para finalizar, uma dica imperdível: o Maltby Street Market. Esse Market é relativamente novo (começou a funcionar em 2010) e foi concebido por alguns antigos vendedores do Borough Market. É um programa muito legal para fazer aos finais de semana! São 31 traders vendendo os mais diversos tipos produtos no local, incluindo doces, sanduíches, comidas típicas de diversos países, cervejas e gin artesanal, entre outros. Vale a pena conhecer! Gostamos muito das delícias do Comptoir Gourmand, do Cheese Truck e do The Beafsteaks. Se o tempo estiver bom, não deixe de pegar uma mesa no charmoso Little Bird Gin para apreciar um drink enquanto observa o movimento do mercado. 

Maltby Street Market

Fotos: @mydarlinglondres 

Posts relacionados