Dizem que não se come bem na Rússia, pelo menos foi o que ouvi muito. Logo de cara na primeira cidade, em St. Petersburgo, descobri uma cidade gastronômica, com indicações imperdíveis de amigos russos. Aqui um mini guia de onde comer na capital cultural da Rússia, St. Petersburgo

St. Petersburgo, na Rússia, é uma cidade encantadora. A também considerada capital cultural russa, construída pelo imperador Pedro, o Grande, recebe em torno de 10 milhões de turistas ao ano. Agora, aliar uma boa viagem histórica a gastronomia é sempre bom, não? Mas quando buscava dicas de restaurantes, muita gente disse que não comeu bem por lá. Também que as melhores escolhas seriam estrogonofe (stroganoff em russo) ou caviar, não que não sejam boas, mas comer só isso durante dias a fio não parecia muito apetitoso.

Tsar StPet

Por sorte, amigos russos desenharam a nossa programação, inclusive de restaurantes. Nada melhor que conhecer – e saborear – uma cidade aos olhos dos locais. E foi impecável. Aqui, dicas destes restaurantes, mais alguns que estão na lista para a próxima vez, afinal, St. Petesburgo tem tanto a explorar, que é impossível ver tudo em uma viagem só.

Mansarda

Uma das vistas mais estonteantes de St. Petersburgo, com muita gente bonita e comida saborosa. Esta é a fórmula de sucesso do Mansarda, que fica no sexto andar de um prédio comercial, colado a Catedral Isaakiyevskiy. Vale aproveitar que escurece bem tarde nesta época do ano e aproveitar um lindo pôr do sol enquanto janta. O restaurante faz parte do grupo Ginza, que tem várias casas badaladas espalhadas pela cidade.

Mansarda

Bellevue Brasserie

Na cobertura do hotel Kempinski, ao lado do Hermitage, está o restaurante Bellevue. Com uma vista linda do skyline da cidade, é uma ótima opção para combinar com a visita ao terceiro maior museu do mundo.

bellevue brasserie

The Repá

Colado ao teatro Mariinsky, no legendário restaurante Backstage, antigo reduto histórico de grandes artistas russos, o The Repá abriu há apenas dois meses. O restaurante tem chamado a atenção dos locais com seu novo “Russian Taste”. Buscam ingredientes locais que tenham procedência de fazendeiros e cultivadores apenas do território russo e países ex-União Soviética.

The Repa

Todos os pratos são feitos com produtos sazonais e autênticos, resultando em um menu que busca os sabores tradicionais, mas com muita inovação. O que seria este “russian taste“: um peixe branco local do lago Ladoga, com pepino e syroup (extrato da árvore) Birch. Lembra ceviche, sem o limão. Complicado? Só experimentando para saber… Tem outras pedidas como um pastelzinho com pato e rhubarb, que é divino.

Probka Cafe

Cozinha italiana tradicional ambiente descolado, excelente para um bom almoço. Bem despretensioso, frequentado pelos russos, é uma delícia.

Tsar
Com cara de turístico, com um estilo russo exagerado, o restaurante Tsar vale a visita. Não deixe de reparar nos “tronos” no lugar dos vasos no banheiro. O atendimento é simpático e a degustação de caviar é uma delícia. Também vale pedir o frango a Kiev.

Tsar

Vox

Com cara de cantina italiana e muito frequentado por russos, este italiano é delícia. Sim, a cozinha da Itália está no topo de preferências dos russos que conseguem, mesmo com a sanção comercial dos EUA e parte da Europa, replicar pratos tradicionais com produtos locais.

Vox St Petersburgo

Astoria Cafe

Em um ambiente que traduz a sofisticação dos Czares, dentro do Hotel Astoria, possui decoração elegante. Tem um menu voltado para clássicos da culinária local, com um menu degustação de cinco pratos que te leva a conhecer os sabores da Rússia: caviar, salmão gravlax, borsh, stroganoff e as sobremesas Napoleão (bolo de massa folhada) e Pavlova (com morangos, merengue, azeite e manjericão).

Caviar Bar & Restaurant

Localizado em um prédio histórico, Belmond Grand Hotel Europe, ícone de São Petersburgo há mais de 140 anos, o Caviar Bar & Restaurant é único totalmente dedicado ao caviar. Tem uma parceria com ninguém menos que a Dom Perignon, com harmonização de champanhe, além da tradicional vodka russa. São 15 variedades de caviar, além do curioso “Egg in Egg”, ovo de galinha com ovas de esturjão, unidos para criar ovos mexidos com sabor de trufa e completados com um raro caviar iraniano de cor dourada.

Belmond Caviar Bar

Sintoho

Que tal uma pausa na culinária russa para sushis do Sintoho, que fica no Four Seasons de St. Petersburgo? O menu é uma delícia e tem opções asiáticas como Fried Rice e Noodle. Uma das especialidades da casa: Flamed marnel beef Maki Roll, rolinho com carne japonesa flambada, pepino e abacate. Maravilhoso. Acompanha Toro & Salmon Sushi, que vem na mesa macios e muito frescos.

Sintoho

Il Lago dei Cigni
2380_Il-Lago-St-Petersburg-01a
Super frequentado pela alta roda russa, tem cozinha italiana moderna. Fica em uma linda locação, a beira do lago.

Percorso

Ainda no Lion Palace, que abriga o Four Seasons, tem o Percorso, um italiano com cozinha comandada por um chef imigrante da Itália. A parte de entradinhas é uma delícia, da burrata aos embutidos, como o proscuitto.

Percorso Four Seasons

Palkin

Ganhou prêmio de melhor restaurante de 2015 com pratos que eram servidos para a nobreza. Mais um bom local para provar a tradicional culinária russa.

Terrassa

O Terrassa é um restaurante com vista panorâmica localizado no último andar de um dos edifícios mais altos do centro de St. Petersburgo. Os principais marcos da cidade – Nevsky Prospekt e Catedral Kazanskiy – podem ser observados de uma de suas mesas. No verão, vale sentar no terraço ao ar livre.

terrassa stpet

Volga Volga

Com a proposta de ser um restaurante sofisticado a bordo de um charmoso barco, o Volga Volga (foto principal da matéria) percorre o rio Neva durante a refeição. A vista do Palácio de Inverno, Hermitage, as famosas pontes de St. Petersburgo e outros palácios.

Volga Volga abre

Stroganoff Steak House

Se a proposta é comer o stroganoff (sim, aqui é com A), em uma casa toda dedicada ao prato, o Stroganoff é o local. Turístico, mas muito procurado, serve a comida como ela foi inventada: acompanhada de purê de batatas.

Fotos: Daniela Filomeno e Divulgação

Posts relacionados