Quem disse que não é possível comer bem sem gastar rios de dinheiro em Paris? De um bar de tapas até restaurante estrelado, Paris é democrática com opções para todos os gostos…e bolsos. Selecionamos quatro restaurantes que descobrimos em nossa última visita à cidade-luz, fora do circuito gastronômico tradicional, mais informais e com preços mais acessíveis.

L’AVANT COMPTOIR

Dos mesmos proprietários do clássico bistrô Le Comptoir Saint Germain, o pequeno (leia-se, um minúsculo corredor) e descontraído L’Avant Comptoir é o lugar perfeito para um aperitivo em Paris. Sempre muito cheio e frequentado por pessoas do meio da gastronomia, fica escondido atrás de uma cortina de plástico com um porco pintado. O “menu” é apresentado de forma diferente, pendurado no teto por várias pequenas placas. O foco são as tapas – custam em média 6€ – e, algumas delas bem exóticas, como a de orelha de porco com pimentão.

3 Carrefour de l’Odéon – Estação de metrô: Odéon

ISTR

O Istr (que significa ostra, em Bretão) funciona há quase um ano no 3° arrodissement de Paris. Restaurante cool, focado em peixes e frutos do mar, tem no menu ótimas comidinhas para compartilhar e uma boa seleção de drinques e vinhos. A mixologia é um ponto forte, que tem a proposta de carta harmonizada com os diferentes tipos de ostras da casa, que podem ser pedidas em porções de três a doze unidades (variam de 3€ a 42€). Se optar por um drinque, peça pelo Raz (shot de Bloody Mary em miniatura temperada com aipo em conserva e uma ostra, € 6). Oferece menu executivo a 16€, incluindo bebida ou sobremesa.

41 Rue Notre Dame de Nazareth – Estação de metrô: Temple, République

CLAMATO

A casa é o segundo restaurante do estrelado Septime, também em Charonne. Já tão disputado quanto o irmão ao lado, tem proposta de ambiente mais informal e decoração aconchegante com madeira de demolição por todos os lados. É o lugar perfeito para ir com os amigos e compartilhar ótimos pratos de frutos do mar e vinhos cuidadosamente selecionados. O menu muda diariamente (impresso e datado a mão), conforme a disponibilidade dos ingredientes e a criatividade do chef. Prepare-se para ser surpreendido! Se der sorte de estar no cardápio, não deixe de pedir o carpaccio de polvo com polpa de toranja e anchovas. Como eles não fazem reserva, o ideal é chegar cedo para garantir um lugar.

80 rue de Charonne – Estação de metrô: Faidherbe–Chaligny

SISENG

De frente para o Canal Saint-Martin, o pequeno Siseng, bar/restaurante asiático faz bonito com seu cardápio enxuto e cuidadosamente preparado. A casa é especializada em Bap Burguer, hambúrguer asiático servido no pão chinês (cozido no vapor). Nossos pratos eleitos foram o Bao Burguer Käi (10€), com frango marinado e empanado, molho de manjericão e leite de coco, confit de pimentão vermelho e repolho, o tempurá de legumes (6€), os rolinhos primavera de frango marinado (7€) e o Ba bun (12€), noodle com tiras de carne ao curry e citronela, cenoura, amendoim caramelizado, coentro e molho da casa.

82 Quai de Jemmapes – Estação de metrô: Goncourt

Fotos: Pamela Carvalho

Posts relacionados