Maior cidade dos Emirados Árabes (EAU), composto de sete emirados, Dubai fascina os turistas por suas construções futuristas, gigantescas e muito luxuosas.

Cidade próspera e em franco crescimento, Dubai, o maior emirado, fascina por sua beleza cosmopolita e ostenta riqueza. Seja nos surpreendentes e altos arranha-céus ou em construções incríveis, como as ilhas artificiais.

Muita gente acaba passando por Dubai, por ser um grande hub de voos para a Ásia e outros lugares distantes. Para quem estiver de passagem ou quiser visitar o Emirado, uma série de atrações interessantes o esperam. A cidade também possui unidades dos melhores restaurantes do mundo, bares agitados e baladas, contrapondo as regras de Dubai, ditadas pela religião. Ou seja, é diversão garantida para os turistas.

O que fazer em Dubai:

– Burj Al Arab Hotel, hotel 7 estrelas, é facilmente reconhecido pelo seu formato de vela. Fica em uma ilha artificial e se destaca na praia de Jumerah, possuindo 321 metros de altura e 66 andares. Tem diversos restaurantes e conhecê-lo é um programa obrigatório para quem visita Dubai.

Dubai Burj Al ArabRepare na decoração, um tanto exagerada, que deu o título de único hotel sete estrelas no mundo.

Dubai interior Burj Al Arab

– Souk Madinat Jumeira, colado ao Burj Al Arab Hotel, é também chamada de Veneza de Dubai. Um típico mercado local, com muitas peças de qualidade. Vale chegar de barquinho para entender o apelido.

Dubai Madina Jumerah – Palácio de Zabeel, onde encontram-se as residências oficiais da família Al Maktoum. Apesar de não poder entrar, vale visitar para entender o estilo de vida da família.

– Burj Khalifa, o edifício mais alto do planeta e também uma das mais impressionantes construções do mundo moderno. Abriga 30 mil residências, nove hotéis de luxo e um lago impressionante de 12 hectares, que sedia um dos mais impressionantes shows de luzes que já vi.

Dubai show de luzes

– Forte Al Fahidi que abriga o museu histórico de Dubai (para quem busca saber um pouco das origens do Emirado). Um contraponto da modernidade da cidade, o bairro possui casas antigas e tradicionais.

– Mercado (Souk) do ouro e de especiarias (Spice Souk), programa típico e divertido. Imagine um mercado horizontal, com mais de 300 lojas vendendo ouro, nos formatos de souk (os mercados orientais). A ordem aqui é pechinchar até arrematar uma das peças. Estima-se que o estoque do souk gira em torno de 10 toneladas de ouro. Na foto, o maior anel de ouro do mundo.

Dubai Gold Souk

Já o mercado de especiarias vale chegar de barquinho, cruzando o Creek. Uma profusão de aromas e cores de encher os olhos e aguçar paladares.

Dubai Spice Souk
– Marina de Dubai, com mais 200 arranha-céus, é considerada a primeira cidade em um canal artificial. Também chamada de “Nova Dubai”, é considerada uma cidade-modelo.

– Palm Jumeirah, uma das três ilhas artificiais Palm Island (pelo seu formato de uma palmeira), é a mais antiga e exótica. Sua notória imagem de um tronco e 17 “braços”, formando a palmeira, correu o mundo em seu lançamento. Além de casas, possui hotéis temáticos e um monotrilho que liga ao Hotel Atlantis, um gigantesco resort que também vale a visita.

Dubai Palm Island
Ski Dubai no Mall of the Emirates. Que tal tirar uma folga do calor e clima de deserto e passar um dia esquiando em Dubai? Sim, a cidade possui a maior pista de esqui artificial do mundo.

– Dubai Mall, o maior shopping do mundo, com 1,2 mil lojas, incluindo o Aquário e as Fontes de Dubai. Um dos shoppings mais visitados do mundo, recebeu mais visitantes que Nova Iorque e Los Angeles.

Passeios imperdíveis:

– Subir no topo do Burj Al Khalifa

Dubai topo Burj Khalifa

– Sobrevoo nas ilhas artificiais, que, pela grande procura, diversas companhias oferecem o voo de helicóptero

Dubai sobrevoo

– Almoço ou jantar no restaurante Pier Chic em Jumeirah, com a vista da praia e o imponente Burj Al Arab

Dubai Pier Chic

– Uma refeição no Al Mahara, restaurante dentro de um aquário, no hotel Burj Al Arab

Dubai restaurante Al Mahara

–  Vale alugar um Abra (barquinho) e fazer a travessia do Creek até o Spice Souk

Dubai Creek

– Para quem não for ficar hospedado no Deserto, vale contratar um Safari no Deserto. Você pode fazer durante o dia ou à noite e dormir por lá.

– Ver o incrível show de luzes do Burj Khalifa, o hotel Armani tem um restaurante que dá uma ótima visão. Quer ver um pouco do show? Acompanhe no vídeo abaixo:

Quando visitar?

Definitivamente no inverno, afinal Dubai fica localizada no Deserto Árabe (leia-se no verão a temperatura média é de 41ºC, durante o dia). No inverno (outubro a abril) a temperatura gira em tono de 24ºC durante o dia e 15ºC à noite. Devido ao calor extremo, maio a setembro é considerado período de baixa temporada, ou seja, de tarifas mais baixas, mas terá que enfrentar o calor acima de 40ºC!

Dubai cidade

Para mulheres (o que vestir em Dubai)

A religião oficial é o islamismo. Para turistas, é permitido roupas ocidentais, mas desde que esteja coberta. Blusas sem mangas, saias acima do joelho e decotes são considerados ofensivos, por isso, evite. Para entrar em uma mesquita, a recomendação redobra, inclusive cabelos devem ser escondidos. Durante uma visita oficial que fiz, a trabalho, também recomendaram não usar calças brancas.

Posts relacionados