Restaurante que fica dentro do hotel Meliá, na Espanha, é uma filial do estrelado Dos Cielos de Barcelona. Comandado pelos gêmeos Javier e Sergio Torres – famosos na TV espanhola – ele espera conseguir sua própria estrela em seu voo solo.

Madri, Espanha – Você é do tipo que adora comer coisas com a mão ou tem nojo e não acha prático? Pois bem… Se você for ao Dos Cielos de Madri, localizado dentro do Gran Meliá Palacio de Los Duques (no coração da cidade), vai ter de deixar esse preconceito para trás. Logo na entrada, você é convidado a experimentar mini camarões sul-espanhóis com um toque de alho, que te ganha pela apresentação. Se você havia titubeado: “ah, não vou comer isso”, já se convenceu com a toalhinha que vem envolta em raspas de limão para passar nos dedos e realçar o sabor. Tudo bem passar por essa experiência sensorial para quebrar o gelo.

Com uma pegada rústica, o legal da decoração – que tem traços modernos – é olhar para o chão e sentir como se o restaurante fosse suspenso, no ar, no céu (significado do espanhol para cielo). Com iluminação natural entrando pelas janelas, ali funcionava um antigo estábulo. Por se tratar de um prédio histórico, mantiveram o chão original, colocando placas de vidro para que – ao olhar para baixo – você enxergue a verdadeira construção de séculos atrás. As mesas pretas e beges têm poltronas, cadeiras e sofás confortáveis e paredes de tijolinho. Dentro do restaurante, que comporta 50 pessoas (com um espaço privado) e mais algumas pessoas do lado de fora.

Mas não é só a entrada que vai te levar ao paraíso, os gêmeos Torres – que por anos tiveram restaurante no Brasil, eñe, nos Jardins, em SP. Fechado no início de 2017 – fazem uma busca pelo paladar de família, da infância, da casa da vó. Como vinho é uma das partes da experiência, em uma das pontas do restaurante há uma adega com vinhos de diferentes partes do globo.

Do Brasil, importaram o biscoito de polvilho e deram sua cara: um creme branco com nabo picante recheia a entrada. Que delícia! O couvert tem diferentes pães (destaque para o de azeitonas com tomate), servidos com dois tipos de azeite (português e espanhol) e sal negro do Havaí. Carros-chefes da casa, como prato principal, o carpaccio de picanha – acompanhado com vinagrete e batata sauté (parece um mini pastel) – enche os olhos pela aparência vívida, enquanto e empanadilla com recheio de caranguejo (lembra um guiosa) ativa as glândulas salivares só no olhar. E o paladar, que leva azeite de dendê e sagú? Dá para se sentir em casa, vai…

 

Os chefs estrelados adoram o Brasil, um deles é casado com uma brasileira. Daí vem a inspiração para um paladar bem brazuca. Em nossa visita, encontramos os gêmeos por lá, que mandaram os cumprimentos ao povo brasileiro, e dizem que têm muitas saudades. Afinal, eles mantiveram muito tempo o eñe por aqui. Quem sabe, em um futuro próximo, eles não trazem receitas para uma nova casa brasileira? Vamos torcer! Dedos cruzados também para eles conquistarem sua primeira estrela no restaurante em Madrid, seguindo os passos do hermano de Barcelona.

A sobremesa, uma trufa de chocolate, vem em uma embalagem que parece um porta-joia (Foto: André Aloi)

SABORES DA NATUREZA
O projeto dos irmãos Javier e Sergio Torres é de uma culinária que respeita a natureza, trabalha com ingredientes sazonais e locais, com o mínimo de manipulação. Treinados com Alain Ducasse e Sani Santamaria, os dois superchefs pretende levar alta gastronomia à rede Meliá. O menu espanhol – com receitas de vó – combina com uma variedade de garrafas de vinho a champagne, passando por espumantes: ao todo, são 166 tipos (alguns brancos, outros tinto, muitos deles franceses).

Confira o vídeo no nosso canal do YouTube sobre uma experiência gastronômica em Madri superdiferente!

Posts relacionados