Depois do sushi, lamen é a comida mais consumida no Japão. Apesar da sua origem ser chinesa, o lamen japonês ganhou personalidade própria, com texturas, caldos e acompanhamentos únicos que o diferenciam dos outros macarrões asiáticos. E o prato, há algum tempo, caiu no gosto do brasileiro. Para aproveitar o clima frio dos próximos dias, selecionamos três casas especializadas no bairro da Liberdade para conhecer já!

Aska

O Aska é conhecido como um dos melhores endereços tradicionais para se comer lamen a preços bem convidativos na cidade. Tem uma fachada simples e discreta e é bem comum se deparar com uma fila de espera enorme. São três opções de lamen: Shio, Shoyu e Missô que podem ser pedidos nesta forma com o caldo à base de galinha ou então como Shio Tonkotsu, Shoyu Tonkotsu e Missô Tonkotsu com o caldo à base de porco (mais forte e encorpado). Além deles, ainda há o guioza de carne com cebola ou carne com legumes, que muitos dizem ser um dos melhores da cidade. Dica importante: eles não aceitam nenhum tipo de cartão.

Rua Galvão Bueno, 466 – Liberdade / Tel: (11) 3277-9682

MOMO Lamen

Aqui, esqueça horas de fila de espera e espaços minúsculos. Na rua dos Estudantes, em uma casa espaçosa – de dois andares – fica a MOMO Lamen House. No menu, 13 tipos de lamen e 4 tipos de udon (macarrão mais grosso, foto), além de entradas e sobremesas especiais. Os macarrões são de fabricação própria e os caldos são preparados todos os dias, seguindo a receita original da casa, que preza por  produtos e ingredientes frescos e selecionados. Nos finais de semana e feriados a casa funciona direto entre o horário do almoço e jantar.

Udon Simples

Rua dos Estudantes, 34 – Liberdade / Tel: (11) 3207-5626

Lamen Kazu

Na movimentada rua Thomaz Gonzaga, uma pequena porta dá entrada a uma das casas de lamens mais disputadas do bairro. Com a preocupação de garantir o mais autêntico sabor, grande parte dos produtos usados na preparação dos pratos são importados diretamente do Japão. São 12 tipos de lamen, servidos com três tipos de caldo padrão, Shoyu, Misso e Shio lamen – este último feito a base apenas de sal e especiarias. Vale pedir pela porção de guioza suína finalizada na chapa, que não deixa nada a desejar das concorrentes. Recentemente, abriu sua segunda unidade no bairro do Jardins, que promete ser tão concorrida quanto a sua matriz.

Shoyu Lamen

R. Thomaz Gonzaga, 51 – Liberdade / Tel: (11) 3277-4286

Fotos Pamela Carvalho, Tina Bornstein e divulgação

Posts relacionados