Apaixonados por gin têm que visitar esse bar em Londres. The Distiller conta com três suítes como se fosse um hotel. Clientes que abusarem nos drinks podem pernoitar.

Londres, Inglaterra – Apesar da fachada monumental, quem cruza a Portobello Road, principal via de Notting Hill (no distrito de Kensington e Chelsea, no oeste de Londres), pode não se dar conta que ali funciona um dos lugares mais interessantes na vizinhança (pelo menos foi, para a gente, durante passagem pela capital londrina). Em um prédio de três andares, The Distillery é um misto de bar especializado em gin tônica, restaurante, destilaria com aulas especializadas e hotel.

No último andar funcionam três suítes para hospedar aqueles que beberem além da conta. A ideia não é se apresentar como um hotel, mas fazer com que os amantes da bebida possam curtir e desfrutar ao limite: desde destilar seu próprio gin até experimentar alguns dos 64 tipos de combinações próprias das tônicas do cardápio. Até porque só dá pra bookar duas noites (a diária custa cerca de £125 a £150 ou, em reais, de R$ 538 e R$ 646, respectivamente).

O check-in funciona das 14h às 22h e o checkout às 9h e às 11h. É preciso reservar ao menos uma semana antes e não há café da manhã.

Quarto é equipado com TV, toca-discos, escrivaninha, minibar etc.

Equipados com cama de casal ou solteiro (com duas camas), os quartos têm escrivaninha, toca-discos (sim, há até uns LPs para embalar sua estadia. Claro que a música é local: The Strokes foi a nossa escolha), um banheiro incrível e um minibar – equipadíssimo para você preparar seu próprio gin tônica: limão siciliano, gin, medidor, colher bailarina. Acordou? Tomara que seja sábado de manhã para dar uma volta pelo comércio local, onde as barraquinhas de artesanato tomam conta da calçada. Só um detalhe: os hóspedes têm que ser maiores de 18 anos. Confira o cardápio!

Do lado da cama, o arsenal para preparar seu gin tônica exclusivo. Legal, né?

GIN TÔNICA
Como o nome entrega, o bar é especializado no centenário drink e tem mais de 100 variações da bebida. “Nossa coleção de gins foi coletada por amigos ao redor do mundo, todos servidos com 50 ml em uma taça arredondada. A tônica e os ingredientes foram coletados e selecionados para trazer o melhor dos sabores e seus highlights botânicos”, diz o menu. Aproximadamente, 60 receitas são exclusivas. O bartender que eles chamam de guru dos coquetéis, Matthew Coates, usa ingredientes tradicionais, sabores e métodos de toda a região, dando também um toque hispânico. Além do bar, há uma sala privativa, chamada The Boardroom, que serve tanto as refeições do térreo quanto os drinks do bar. Recebe desde encontros, reuniões e conferências até a tradicional happy hour. Ainda dá para incluir uma masterclass de gin nesse pacote, ao alugar a sala.

MASTERCLASS
Quando falamos em destilar o próprio gin, como o nome entrega, o bar tem o que chamam de The Ginstitute. Um bar privativo no porão, onde os clientes têm aulas para preparar seu próprio gin. Lá, destilam a bebida (demora cerca de 2h o processo) e aprendem sobre os aromas e sabores da bebida secular. É possível preparar 24 tipos de flavors diferentes: do tradicional ao cítrico, passando por algo mais frutado ou encorpado. Ao fim, os clientes sentam lá embaixo para “se embriagar” com o gin criado por sua combinação predileta.

Algumas das especiarias que dão o sabor ao gin preparado no próprio bar

RESTAURANTE
O lugar guarda um restaurante no térreo, especializado em comidinhas britânicas e tapas. No The Resting Room, além de gins, há um cardápio de coquetéis e vinhos para serem contemplados em um ambiente superleve para um almoço rápido para, depois, voltar a desbravar o bairro que ficou conhecido por aquele filme com a atriz Julia Roberts e Hugh Grant. De entradinha, peça o pão fresco com manteiga. Siga com uma salada (nossa escolha foi uma de folhas verdes com ovo perfeito e legumes) e, de principal, um grelhado com batatas fritas. Sem erro! A combinação dos pratos é feita com ingredientes locais e uma seção de assados, : tem pequenos pratos (£3, em média), saladas (£8, em média), grelhados (£18) e acompanhamentos, como batatas e queijos (£3.95 cada). Veja o menu de drinks!


Fotos: Acervo Pessoal

Confira também nossa matéria sobre o que fazer em sua primeira visita a Londres:

Anote aí: 5 coisas para fazer em sua primeira viagem a Londres

 *O jornalista participou da atividade, atendendo a um convite do Visit Britain, bureau de turismo a fim de divulgar a Grã-Bretanha. Nosso QG, montado em um apartamento do Airbnb, no bairro de South Central, nos proporcionou ter uma estadia como um autêntico local.

Posts relacionados