A cidade fervilha de bares, tavernas, restaurantes. São tantas opções que fica difícil escolher

Captura de Tela 2014-07-15 às 16.55.32

Atenas tem a gastronomia como um de seus atrativos. Além da boa cozinha, muitos possuem vista para algum dos diversos monumentos, principalmente da Acrópole e seus templos. Ou seja, um programa.

Mas voltando à comida, os gregos tem como “riquezas gastronômicas” o queijo feta (de leite de cabra), o pão de pita (lembra o árabe), azeitonas e azeites. Beringela e iogurte são figurinhas fáceis em vários pratos. Muitos frutos do mar e o cordeiro, como opção de carne vermelha. Entre os pratos que recomendo experimentar, o moussaka, como um escondidinho de carne moída e purê de batata, mas como especiarias, como cravo e canela; os bolinhos de beringela e abobrinha feitos como um croquete, iogurte com pepino… e assim vai.

foto

Entre os diversos restaurantes: indico quatro. Para almoço o bem simples e típico Epmeion, que fica em uma travessa, perto da catedral, bem no centro do bairro histórico de Plaka. Aqui, vale ficar nos mezzes (entradas). As especialidades gregas são a melhor pedida. Para facilitar, nada de grego: bolinho de beringela e de abobrinha, iogurte com pepino e ervas, salada grega e o queijo feta empanado – tudo isso dá (e sobra) para duas pessoas e sai muito barato. De sobremesa, têm o tradicional baklava (camadas de massa folhada e nozes) com sorvete de mastiga, que lembra uma espécie de anis, mas tem um sabor bem especial. Dela também faz o licor digestivo onipresente ao final das refeições gregas. Hummmm. Na medida.

foto-1

Outra opção, perto da Acrópole, está o Scrofi, bem tradicional. O moussaka de lá é uma delícia. Simples, nem parece que é um dos mais conhecidos – e despretensiosos – restaurantes de Atenas. Mas não é à toa, além da ótima comida, é simplesmente debruçado na Acrópole, é hipnotizante.

Para jantar, fomos no badalado Kuzina Restaurante. O restaurantes tem atrativas mesas na calçada, onde o movimento é fervilhante. É bem atraente, mas quando visita o terraço, no último andar, entende porque é tão disputado. É de “cara para o gol”, de um lado o Templo de Zeus e do outro o Panteón, na Acrópole. A comida é muito boa, mas a vista, é uma atração à parte…

Captura de Tela 2014-07-18 às 01.48.55

Para ficar, o Hotel Grande Bretagne é o mais badalado da cidade. Fica em frente a praça da Constituição e Parlamento. Seus quartos tem vista para vários monumentos: Acrópole e Paternon e original Estádio Olímpico. O restaurante do hotel é muito bom, lá também fica o seu bar Rooftop – a vista de ambos é a maravilhosa, onde é possível ver toda a cidade. Vale pelo menos um drinque.
Sei que não são muitas dicas/opções, mas geralmente Atenas é visitada a caminho das ilhas gregas, e não são necessários tantos dias para conhecê-la. Para mim, estes já valem a visita.

Posts relacionados