O ano mal começou e já está pensando nas suas próximas férias? Separamos os top 10 destinos pelo mundo que têm tudo para bombar em 2017. Aproveite! 

África do Sul

Com ótimo custo benefício, praias cinematográficas e montanhas que parecem ter sido pintadas à mão, a África do Sul tem conquistado cada vez mais a atenção dos travelholics brasileiros. Esse ano o Museu Zeitz, de Arte Africana Contemporânea, abre as portas na Cidade do Cabo (matéria de Cape Town aqui), fortalecendo ainda mais o cenário de arte e design do país. A gastronomia e os vinhos também têm sido outro highlight do país: faça um roteiro por Franschhoek e Stellenbosch, duas regiões vinícolas incríveis, e, claro, não deixe de incluir um safari no seu roteiro!

Chicago (EUA)
Cosmopolita, a cidade tem um charme todo especial com barcos atravessando pelos seus canais, arranha-céus modernos contrastando com prédios históricos e o Lago Michigan ao fundo. Quando está quente, as ruas ficam cheias, as prainhas ao longo do Rio Michigan remetem a Miami. Mas assim que as temperaturas caem, ela muda de rota e começam a pipocar os eventos gastronômicos, a cena cultural – de teatro e música ao vivo. Escolher o que fazer é árdua tarefa. Antes de tudo, pare na Cloud Gate para a tradicional foto. Depois, dê um passeio pelo cais naval, conheça alguns dos famosos parques, ou então se perca pelos centros de compra, zoológicos, museus, planetário e aquário. Cosmopolita e ao mesmo tempo cheia de natureza, com ótimos restaurantes, muitos shows e atrações, separe pelo menos cinco dias para curtir essa cidade.

Cloud Gate, em Chicago

Cuba

Visitei Cuba nos 50 anos da Revolução Cubana e foi incrível. Hoje, Cuba está na moda. A Chanel escolheu desfilar sua coleção Cruise em plena Paseo del Prado, marco do centro antigo em Havana. Agora os Estados Unidos tem voos – e cruzeiros – que ligam o maior ícone do comunismo à terra do tio Sam. A ilha que tinha seus ares de “máquina do tempo” está passando por mudanças, então, corra e visite antes que Havana (matéria completa sobre a cidade aqui) passe por profundas transformações. Sem esquecer que Cuba está localizada no mar do Caribe, então aproveite e estique a viagem até praias como Cayo Coco e Cayo Guillermo ou a bem turística com muitos resorts estilo “tudo incluso” Varadero.

Ilhas Virgens Britânicas

Cercada de montanhas verdejantes, areia branquinha, água cristalina, resorts de luxo e portos para iates, Tortola é a ilha capital deste arquipélago no mar do Caribe formado por mais de 50 ilhotas. Anegada, Virgin Gorda e Just Van Dyke são as maiores da região de BVI (abreviação para British Virgin Island). Navegar por lá é uma obrigação, essa é uma das principais atrações do arquipélago, com seus impressionantes recifes de coral (ideal para a prática de snorkel ou esportes aquáticos). As opções de ilhas são inúmeras, os pontos principais são Jost Van Dyke, Norman Island, Cooper Island, Marina Cay, Cane Garden Bay, Great Harbour, The Bight, Sandy Spit, Spring Bay, Guana Island, The Bath e Anegada, que tem como destaque deliciosos pratos feitos com lagostas frescas. Confira matéria completa: Ilhas Virgens Britânicas, o paraíso é aqui.

Formentera, na Espanha

A ilha de Ibiza, na Espanha, tem fama de ser feita de baladas, mas tem conquistado pelas suas belezas naturais, hotéis isolados (sim, há vida romântica e relax em Ibiza) e uma das mais internacionais e saborosas gastronomias. A sua ilha vizinha Formentera, Parque Nacional, tem praias que são consideradas as mais belas e protegidas do Mediterrâneo. Seus 82 km de costa são o grande atrativo (algumas praias nudistas) desse paraíso, que possui apenas restaurantes à beira-mar. Pouquíssima infraestrutura, como cadeiras, espreguiçadeiras e guarda-sóis. Praias para se visitar: Chiringuito, com dunas e bares rústicos; Illetes, mais badalada, por sua proximidade do porto e, claro, seus restaurantes; Llevant, que oferece uma vista linda de Formentera e é muito procurada por nudistas; Cala Saona, em formato de ferradura, é uma praia ótima para o banho de mar.

Islândia
Hoje em dia o país não é apenas conhecido como o paraíso de Björk e do Of Monsters and Men, “A Terra do Fogo e do Gelo”, como é conhecida. Ela é famosa por suas paisagens incríveis, que ao mesmo tempo que tem as maiores geleiras, é também onde ficam alguns dos vulcões mais ativos do mundo. Enquanto no Verão os dias têm quase 24h de luz solar, o inverno compensa com períodos de noites longas. O lugar é ideal para quem quer turismo de aventura, se esbaldar à noite ou apenas contemplar a natureza, como a Aurora Boreal que mais parece um passe de mágica. Lagoas e quedas d’água, museus, teatro de ópera e esculturas gigantescas são algumas das coisas que você vai encontrar para se entreter.

Naypyidaw, Myanmar

Com dimensões suntuosas, Nepiedó (em português) foi totalmente planejada, o que “esconde” e faz até os turistas e moradores esquecerem que estão em um dos países mais pobres do sudoeste asiático. Ainda que alguns acreditem ser uma cidade-fantasma (tem mais ou menos oito vezes o tamanho de Nova York, enquanto o número de habitantes é oito vezes menor que a cidade americana: cerca de 1 milhão), tem estado entre destinos-desejo dos globetrotters. Construída totalmente do zero em uma região de plantações de arroz e cana-de-açúcar, virou capital do país em 2005 (ainda sob regime militar). É lugar para conhecer grandes parques, templos e palacetes, ir a museus, zoológicos e, claro, fazer safaris. As informações turísticas disponíveis ainda são poucas, então o jeito é ir conferir de perto e se surpreender antes que vire muito conhecido. 

Peru

Peru tem conquistado cada vez mais travelholics em busca da sua riqueza histórica e cultural, principalmente pelas espetaculares construções Maias, liderada por Machu Picchu. Chegar ao Peru é viajar no tempo e reencontrar a excitante vida dos Incas, dos Chancas, dos Chachapoyas, dos Mochicas e dos Wari, assim como suas grandes obras arquitetônicas, arte, festas, as raízes de sua força social e também desfrutar de sua rica, e cada vez mais reconhecida, gastronomia. Lima é um caso à parte para os amantes da boa mesa, a visita ao Central Restaurante, n°1 dos Latin America’s 50 Best Restaurants, é obrigatória. Ainda possui excepcionais opções premiadas, como o japonês Maido, o Osso Carniceria, Picanteria, a cevicheria La Mar, entre outros tantos. Alguns lugares imperdíveis? Lima, Machu Picchu, Cusco, Vale Sagrado, Arequipa e Lago Titicaca.

Tailândia

Tailândia é desses países que reúne a fórmula: destino exótico e encantador, paisagens lindas e muita cultura e história. Duas cidades dividem o topo das atenções e precisam estar no seu roteiro: a cosmopolita e caótica Bangkok e a capital espiritual, Chiang Mai. Bangkok (matéria aqui) é rica em atrações culturais, históricas e gastronômicas: são mais de 300 templos, ótimos restaurantes, shoppings e bairros interessantes. Vale também conhecer os arredores da cidade (matéria aqui) e é imperdível ir para Chiang Mai, a capital cultural do país – matéria completa aqui.

Tóquio, Japão

Japão já estava na nossa lista de 2016, mas este país que une a modernidade e tradição é absolutamente incrível e se mantém no topo de escolhas dos travelholics. Sua capital, Tóquio, é dessas cidades em que todo mundo se sente à vontade. Dominada pelos jovens, nem parece que tem 400 anos de existência. É o centro de tudo: cultural, financeiro e político. Altamente tecnológica, desenvolvida e envolvente, nos dá uma lição de cidadania, modernidade e inovação. Até 2020, a cidade vai fervilhar, quando acontecerão os Jogos Olímpicos. Santuários, templos sagrados, museus, pontos de observação da natureza, compras e muitos excelentes restaurantes. Uma semana é pouco, mas já dá para sentir a cidade. Fizemos um roteiro para quem for visitar, confira aqui, assim como uma matéria com os hotspots da cidade, aqui.

 

Fotos: Daniela Filomeno e Shutterstock 

Posts relacionados