Evento mais importante na agenda de designers e arquitetos de todo o mundo, o Salão do Móvel de Milão (Salone del Mobile Milano) é muito mais que uma feira tradicional. É um espaço de conexões, criatividade e inovação, que em 2018, na sua 57a edição, tem como foco o design sustentável e teve pela primeira vez um importante manifesto.

O manifesto busca ser um ponto de recomeço para a feira, que, além de celebrar a relação com a cidade, convida a todos os envolvidos a buscarem uma inovação genuína, com inclusão, sustentabilidade, valorização de jovens talentos e valorização da herança cultural. “Não devemos ser apenas uma nova arquitetura física para a cidade ou novos mobiliários à mostra, mas novos modelos de criação de design e arquitetura, uma nova maneira de pensar e planejar. Design que vai além de si mesmo, que olha para as pessoas, para as necessidades do mundo”, decreta o manifesto.

O Salão explora ainda a relação do viver em natureza, com a exposição-instalação de Carlo Ratti Associati, e está repleto de ideias de projetos verdes para usos domésticos em espaços internos e externos. Ele foi montado em um pavilhão na frente do Palazzo Reale, na Piazza del Duomo, e fica em cartaz de 17 a 19 de abril.

Neste ano, haverá a terceira edição do Prêmio do Salão do Móvel de Milão, cuja cerimônia será dia 20 de abril, no Palazzo Marino, destacando grandes ideias, geradas na feira, seja por companhias seja por designers.

Salone Satellite: um passeio entre o artesanato e novas tecnologias

Evento olha para o passado como ferramenta para pensar o futuro e coloca em pauta a criatividade pulsante dos países do hemisfério sul.

Dar voz a jovens designers e descobrir novos talentos. Esses são os principais objetivos do Salão Satélite, que fomenta o cenário artístico de Milão jogando luz às criações de artistas com menos de 35 anos.

Para a 21a edição do evento, que acontece de 17 a 22 de abril, o salão traz o tema África/América Latina: ascensão e design emergente, colocando o hemisfério sul em foco e enaltecendo a veia inovadora e criativa de seus artistas. O objetivo é propor aos cerca de 650 participantes um estudo sobre o futuro do design, olhando para suas origens e fazendo um balanço entre técnicas manuais, como o artesanato, e novas tecnologias.

Mais do que expoentes do design de vanguarda brasileiro, os irmãos Humberto e Fernando Campana também são conhecidos por seu trabalho de cunho social e preservação de técnicas manuais. Para esta edição, a dupla é curadora e representante dos participantes latino-americanos, enquanto o franco-marroquino Hicham Lahlou, criador do Africa Design Award & Days, iniciativa que valoriza o design africano, acompanhará seus conterrâneos.

Fuorisalone: um passeio imperdível pelos hotspots artísticos de Milão

De casa construída com impressora 3D a centros culturais e exposições inovadoras, o evento movimenta o circuito de arte e traz para a cena milanesa projetos que antecipam o futuro.
Uma casa sustentável de 100 m2 totalmente construída com a tecnologia das impressoras 3D, um loft pensado para o futuro equipado com peças de designers italianos ou ainda uma mostra com criações feitas a partir de matérias-primas inovadoras. Essas são algumas atrações no Fuorisalone, evento independente que acontece desde a década de 80 paralelamente ao Salão de Móveis de Milão e que movimenta a cena artística milanesa com uma curadoria poderosa de obras, projetos e mostras.

É nas galerias de arte, nos showrooms e na Academia de Belas Artes de Milão, no badalado bairro de Brera, que acontece uma série de eventos imperdíveis, como o Brera Design Apartment (Via Palermo 1). É lá, que abriga a exposição organizada por Ra aella Guidobono com obras criadas em pedra-sabão, vidro soprado, porcelana Limoges, latão e madeira maciça cortada à mão. Um verdadeiro convite ao design inovador e criativo.

Outro endereço que merece estar no roteiro é a Zona Tortona, bairro de características industriais com grandes galpões. Não deixe de conhecer o Base Milano, centro cultural que une arte, criatividade, tecnologia e bem- estar com um agitado calendário de shows, palestras, workshops e exposições. Vá também ao SuperStudio e con ra as mostras Smart City: Matérias, Tecnologias e Pessoas, que estimula o debate sobre o modelo de cidade inteligente, e Superloft, que exibe uma casa toda recheada com peças de artesãos e designers made in Italy e reúne peças icônicas das mais importantes marcas de mobiliário do país.

Falando em superprojeto, reserve uma tarde para conhecer a casa sustentável e exível, projetada pelo arquiteto Massimiliano Locatelli, do estúdio CLS, a 3Housing05, totalmente construída com a tecnologia das impressoras 3D e uma mistura especial de pó de cimento. A criação ca exposta até o m de abril, na Piazza Beccaria.

BRAZIL S/A : a maior vitrine de jovens designers brasileiros em Milão 

Com o objetivo de homenagear a criatividade brasileira e reconhecida como um dos principais eventos do Fuorisalone, paralelo ao Salão do Móvel de Milão, a Brazil S/A traz uma coletânea de peças históricas que zeram grande sucesso nas últimas edições da mostra e obras inéditas de aproximadamente 15 participantes.

Nesta edição, intitulada Brazil S/A OFF, jovens emergentes e reconhecidos designers levam a Milão a verdadeira essência do design brasileiro, com uma combinação de artesanato, tecnologia e sustentabilidade. Prepare- se para ver peças e objetos dinâmicos e divertidos que interpretam a arte e a cultura do povo brasileiro.

Henrique Steyer, com a luminária Monkey

Artistas como Ronald Sasson, Sergio Matos, Juliano Guidi, Henrique Steyer, Ines Schertel, PAX.ARQ, Regis Padilha, Lourena Genovez, Fix Design, Adriana Lohmann, Artistartesão, estudiobola, Marcelo Bilac, Alê Jordão mostram suas criações icônicas e inéditas, no prestigioso Bianca Maria Palace Hotel, a poucos metros do Duomo.

Quando?

De 17 a 21 de abril, das 10h às 20h, e dia 22 de abril, das 10h às 18h.
Bianca Maria Palace Hotel – Viale Bianca Maria, 4

Fotos: divulgação

Posts relacionados