Festival acontece no feriado de 15 de novembro com shows de Phoenix, PJ Harvey, Daughter, entre outros, e feirinha gastronômica com curadoria da chef Helena Rizzo, do Maní.

Além das atrações musicais, o festival Popload este ano terá uma novidade: Feirinha Gastronômica com os melhores restaurantes de São Paulo, sob curadoria da chef Helena Rizzo, do restaurante Maní, que criou receitas especiais para a ocasião. Além do restaurante de Helena, participam este ano: a hamburgueria Z Deli (Julio Raw), A Casa Do Porco com Bar da Dona Onça (Janaína e Jefferson Rueda), restaurante Jiquitaia (chef paranaense Marcelo Corrêa Bastos) e a pizzaria Bráz Elettrica (Benny Novak).

Torresmo de panceta com Goiabada, d’A Casa do Porco Bar

A chef pensou em comidas práticas, tudo a ver com um festival de música, como pizza e hambúrguer. “(As refeições) são preparadas por profissionais que conheço e que já têm experiência em feiras, fora de seus restaurantes. Sabemos que agilidade e prática contam muito na hora de atender a uma multidão”, comenta Helena. No cardápio, entradas, sobremesas e pratos clássicos de cada um deles, como o torresmo de pancetta com goiabada e a coxinha de galinha caipira da Casa do Porco e da Dona Onça, o Classic Burger do Z-Deli, as pizzas “neonapolitanas” do Bráz Ellettrica e o nhoque de banana com ragu de carne seca do Jiquitaia.

O Popload Festival acontece no feriado do dia 15 de novembro, no Memorial da América Latina em São Paulo. Os ingressos, que vão de R$ 190 (meia entrada da pista no terceiro lote) a R$ 500 (Doritos Bold Zone), passando por R$ 360 (inteira, seungo lote), estão à venda no site www.ticketload.com. Bilhetes de metrô serão distribuídos aos primeiros dois mil fãs que entrarem no evento a fim de incentivar o consumo responsável de álcool.

SOUVENIR
A coleção especial do Popload Festival EM 2017 tem curadoria de Augusto Mariotti, diretor de conteúdo da SPFW e diretor criativo do site FFW e revista FFWMAG. A arte oficial do festival, feita pelo ilustrador e pintor americano Luke Pelletier, ganhou destaque: “O trabalho dele me inspirou a pensar em peças com pegada mais bem humoradas e com a cara do verão, trabalhando cada elemento da identidade de forma especial e localizada nas peças. É merch do festival, mas poderiam ser peças de coleção de uma marca de moda das mais legais”. Camisetas, bonés, camisas, ecobags, jaqueta, adesivos, entre outros produtos, estarão à venda na tal lojinha durante o evento! Os preços ainda não foram divulgados.


Fotos: Divulgação

Posts relacionados