Com praias de tirar o fôlego, Seychelles é um daqueles destinos “tem que ir” mais exclusivos do mundo para os apaixonados por praias com águas cristalinas e muito sol. Quem conta sobre esse paradisíaco destino é nossa nova colunista Victória Carvalho (@vic_pictures). 

Seychelles, África – Quem procura um lugar paradisíaco para não pensar em nada, apenas relaxar e descansar, Seychelles definitivamente é o lugar. Um detalhe que poucos sabem é que Seychelles é um país – e com o IDH mais alto do continente africano. Arquipélago formado por 115 ilhas, onde algumas são tão exclusivas que o acesso só é possível através de helicóptero. Mas este pequeno país vai muito além das suas praias com areias claras e águas cristalinas, aqui existe uma das maiores faunas marinhas do mundo, Seychelles produz seu próprio rum, o Takamaka, e é o único lugar onde se encontra o fruto Coco de Mer em estado selvagem. São três as principais ilhas em Seychelles: Mahe, Praslin e La Digue. Abaixo falamos um pouco sobre cada uma delas.

Descubra a paradisíaca ilha onde foi a lua de mel do Príncipe Willian e Kate Middlenton 

Mahe

Seychelles tem três línguas oficiais: inglês, francês e o crioulo de Seychelles. Com essa informação, pode-se concluir que a grande maioria dos turistas da ilha são europeus, ou mais especificamente, franceses. Da Europa, Paris é a única cidade com voos diretos para Seychelles. Assim como Dubai, que também tem voos diretos. Mahe é a principal ilha do país e é aqui onde fica a capital, Victoria, e o aeroporto internacional. É de Victoria que saem todos os barcos para passeios e que também são utilizados como meio de transporte para as outras ilhas. A maior atração turística desta ilha são as praias de areia clara, água em tons de turquesa (e limpa!) e vegetação exuberante. Para quem for se hospedar aqui, a melhor pedida é escolher um dos muitos resorts all inclusive e aproveitar o que a ilha tem de melhor: praticar atividades esportivas como stand-up paddle, fazer caiaque, snorkel, descansar e relaxar.

Mahe (Foto: Victória Carvalho)

Bem próximo de Mahe, a apenas 5km de barco, encontra-se o Parque Nacional Marinho Sainte Anne. Ele abriga seis ilhotas e foi criado para preservar a fauna marinha de Seychelles. Existem algumas opções para se fazer este passeio: catamarã, barco ou lancha. Por se tratar de um Parque Nacional Marinho, a pesca e a prática de atividades esportivas aqui são proibidas. Em uma das ilhotas do Parque, a Moyenne Island, é possível fazer uma trilha com vistas de tirar o fôlego e ainda ver as famosas tartarugas gigantes, um dos símbolos de Seychelles.

Sainte Anne (Foto: Victória Carvalho)

La Digue

É a ilha mais charmosa de Seychelles. Aqui não há aeroporto e o número de carros na ilha é limitado, por isso o meio de transporte mais popular é a bicicleta. A única forma de chegar na ilha é através de ferry, mas todo esforço para chegar aqui vale a pena, pois é onde tem uma das praias mais lindas e fotografadas do mundo, a famosa Anse Source D’Agent. Particularmente, eu nunca vi nada parecido na minha vida, o cenário é realmente de tirar o fôlego. Que lugar especial!

La Digue (Foto: Victória Carvalho)

Praslin

Depois de Mahe, esta é a segunda maior ilha do arquipélago. Para chegar aqui existem duas opções: hidroavião ou ferry. Em Praslin fica o Vallée de Mai, uma floresta com palmeiras gigantes, que dão o famoso fruto Coco de Mer, outro símbolo de Seychelles. É o único lugar do mundo onde o fruto se encontra em estado selvagem. E é em Praslin também que se encontra a praia Anse Lazio, frequentemente considerada uma das mais lindas do mundo. Com areia fina e branquinha, água em tons de turquesa e cristalina, vale a pena chegar cedo e aproveitar este paraíso!

Praslin (Foto: Victória Carvalho)

COMO CHEGAR 

O trajeto entre Brasil e Seychelles, arquipélago no Oceano Índico, pode parecer um pouco complicado para alguns viajantes, mas a verdade é que é muito simples chegar ao destino.  Existem diversas companhias aéreas que realizam a rota entre os países com apenas uma conexão, nos Emirados Árabes, na África e até mesmo na Europa: Emirates Airline (conexão em Dubai), Turkish Arlines (conexão em Istambul), Qatar Airways (conexão em Doha), Ethiopian Airlines (conexão em Adis Abeba), South African Airways em code share com Air Seychelles (conexão em Joanesburgo) e Air France (conexão em Paris). A Latam Airlines também voa até Joanesburgo e de lá é possível comprar um ticket da Air Seychelles.

_____________________________________________________________________________________________________________________________

Nossa nova colunista, Victória Carvalho, é formada em Comunicação Social pela FAAP e já trabalhou em lugares de desejo de muita gente: Rádio 89FM, MTV Brasil e, há mais de 8 anos, é comercial do Grupo Doria. Desde novinha sua maior paixão sempre foi viajar e conhecer diferentes culturas. Apaixonada por fotografia, ela tem um Instagram exclusivamente para dividir suas fotos, experiências e seu olhar por esse mundão afora: @vic_pictures .

Posts relacionados