Mais de 3,7 mil metros acima do mar, o complexo arqueológico de Chinchero é um povoado que ainda mantém vivo os costumes incas, inclusive falam o quéchua. Mulheres e crianças com trajes típicos dividem a atenção dos artesanatos vendidos por aqui. É um passeio para voltar no tempo no Peru.

Chinchero, Peru – Você vai querer se perder pelos mercados nas ruas de Chinchero. Andar pelas suas ruelas de pedra é como voltar no tempo. Mulheres com suas saias, jaquetas e chapéus típicos. Famílias inteiras caminham rumo a catedral datada de 1500, construída quando os espanhóis estiveram por aqui. E, lá, a missa é celebrada em quéchua, um local sagrado onde não é possível fotografar, mas a beleza de seus detalhes e mistura cultural Peru-Espanha impressionam.

Praça com mercado local de Chinchero

Ao visitar a Catedral deste povoado, não deixe de observar a base de pedras, construção do tempo Inca impecável e que dá para ver perfeitamente a divisão com o estilo colonial. Ao lado da igreja, terraços incas com vista para o Vale Sagrado.

Ruínas Incas com construções espanholas sobrepostas após colonização

Aqui também mantém a tradição agrícola de plantar nos terraços e tecelagem dos ponchos. Aos domingos, acontece uma feira onde camponeses e comerciantes trocam seus produtos. E onde também é possível comprar uma série de produtos típicos, das mantas ou ponchos com processo de tecelagem e tingimento natural, com raízes, pedras e até fungos. Um mercado local em tendas também vende artesanatos, bem na entrada da cidade, onde aproveite para experimentar um choclo (milho peruano) cozinho.

Roteiro do que visitar no Peru 

Tecelãs de Cuper Bajo

A comunidade de Cuper Bajo

Cuper Bajo, comunidade de tecelãs em uma exploração exclusiva do Explora Valle Sagrado, no distrito de Chinchero. Alem de ver o processo de fabricação e tingimento da lã de alpaca, também pode comparar ponchos, toalhas de mesa, cachecóis e outras pecas. Porém, não se empolgue, escolha o que realmente gostar, o valor no mercado de Chinchero é melhor.

Curiosidade

Em uma demonstração de poder, os espanhóis construíram em cima dos Waka (locais sagrados dos Incas) suas igrejas, como é o caso da Catedral de Chichero. É nítida a diferença de disposição de pedras quando se trata de um Waka, as pedras são dispostas simetricamente e se encaixam perfeitamente: não é possível colocar uma folha de papel entre elas. Chinchero significa onde nasce o arco-íris.

Uma vez no Peru conheça também as espetaculares Salinas de Maras: 

As espetaculares Salinas de Maras no Peru

Posts relacionados