Perto dos parques, Orlando tem casas com donos brasileiros e serviços de hotel com restaurantes que oferecem até arroz e feijão no cardápio.

Orlando, Flórida (EUA) – Viajar com crianças é um desafio, ainda mais a parte de alimentação, segurança e – acima de tudo – mantê-los entretidos. A convite do Magic Village, ficamos cinco dias em Orlando e contamos aqui como foi. Lozalizado em Kissimee, fica a cinco minutos do Disney’s Animal Kingdom Park e oferece todo o servido de um hotel, com a diferença do aconchego de estar uma casa.

A cidade é espalhada e distância realmente importa. Para qualquer lugar que se vá, o tempo gira em torno de meia hora. E o dia a dia de parques, ainda mais com os pequenos, estar hospedado bem perto faz a diferença. Talvez, por isso, muita gente opte por ficar dentro do complexo da Disney (ou Universal), dependendo das preferencias de parques (e idades das crianças). Os meus são pequenos (1,5 ano e 3 anos), ou seja, Walt Disney World é o lugar para eles.

O Magic Village tem estrutura de hotel, só que é separado por casas. Se você quiser, o concierge faz sua compra de mercado, reserva restaurantes e parques. Também oferece serviço de limpeza, restaurante com arroz e feijão, piscina, brinquedoteca e academia. A parte boa é a comodidade de estar hospedado em casa – quem tem crianças sabe a diferença de ter uma boa estrutura frente a de um hotel.

Novamente, viajar com crianças é um desafio. Não é só necessário montar uma estrutura básica. Quanto mais organizada e estruturada, melhor é a viagem, principalmente para os pais também curtirem. E, em Orlando, o Magic Village deixa a viagem – que é cansativa por si só – bem mais agradável. Além de um serviço atencioso, tem como grande diferencial estar localizado praticamente dentro do complexo Disney. E, claro, com arroz com feijão à disposição em seu restaurante, que entrega em casa tudo bem fresco antes da volta do parque. Comodidade! Imagina esperar fazer comida após um dia cansativo de parque com a criançada.

Como é ficar no Magic Village?

  • A experiência de ficarmos hospedados no Magic Kingdom nos surpreendeu. Para entrar, um portão separa do condomínio das ruas, o que reforça privacidade e segurança. Logo na entrada, uma grande recepção 24h, com o restaurante, academia e brinquedoteca.
  • Ruas largas e arborizadas com casas geminadas. Às vezes, devido à proximidade das casas, consegue-se ouvir a casa ao lado, mas só se fizerem muito barulho. Com a gente aconteceu um dia só, depois correu tudo numa boa. As residências têm opções de três ou quatro quartos, possuem uma boa cozinha em estilo americano (aberta), geladeira grande, forno e mesa de jantar.
  • Com dois andares e uma sala ótima com pé direito duplo, a casa ainda tem varanda com churrasqueira, lavanderia e lavabo. Ficamos em uma de quatro quartos, que são espaçosos, todos suíte, sendo um no térreo e outros três no andar de cima. A suíte de casal ainda tem uma ótima varanda.
  • As diárias variam por temporada, mas na baixa encontra-se casa de três quartos a partir de US$ 350/dia.


Fotos: Divulgação

Posts relacionados